Live do Projeto Aquarius contou com o Dr. José Luiz Tejon para debater a Digitalização no Agro

Na noite de terça, 9 de março, o Projeto Aquarius realizou a segunda de uma série de lives sobre a Digitalização do Agro. Desta vez, contou com a presença do convidado especial Prof. Dr. José Luiz Tejon e de um grupo de 50 produtores participantes da pesquisa alinhada ao projeto premiado pela ABDI (Agência Brasileira de Desenvolvimento Industrial), além das empresas parceiras (Stara, Cotrijal, Drakkar e OWS). Abrindo o evento, o coordenador do Projeto Aquarius Professor Dr. Telmo Amado, e o CEO da Drakkar, Dr. Alan Acosta, realizaram em conjunto uma explanação sobre as etapas do Projeto de Digitalização do Agro em parceria com a ABDI.

Amado relembrou as três Revoluções Agrícolas já ocorridas e destacou a quarta, vivida atualmente, que consiste na digitalização dos processos e tecnologias inseridas na indústria 4.0. Esta nova Revolução pretende reparar a falta de inclusão na pesquisa agrícola e, para isso, o professor defende que ela deve contar com a participação de produtores rurais desde o início, reforçando a importância da realização de encontros como o realizado.

Compartilhando do mesmo objetivo, o Dr. Alan Acosta dividiu com os presentes os passos já realizados pela pesquisa, salientando a importância da Universidade Federal de Santa Maria neste processo: “isso faz o Projeto Aquarius seja diferenciado, ele não é só feito de empresas parceiras, mas também de uma instituição que coloca seus alunos para o desenvolvimento”, reforçou o CEO. Acosta relembrou ainda a projeção de alcance de 5 mil produtores ainda este ano por meio da pesquisa premiada, denominada IDT – Índice de Digitalização e Tecnologias.

O ponto alto do evento online foi protagonizado pela ilustre presença do Prof. Dr. José Luiz Tejon, grande referência do marketing do agronegócio, declarado uma das 100 personalidades da área, autor de mais de 35 livros e capítulos. Palestrando sobre o tema “Pensando a agricultura do amanhã”, Tejon assegurou que é a digitalização que permitirá ao agricultor ter em mente sua propriedade de forma extremamente trabalhada em um nível altíssimo de detalhes, declarando que um legítimo agricultor é pesquisador do seu microambiente, do seu solo e suas adaptações. “Portanto, grandes agricultores sempre foram, na história da humanidade, grandes estimuladores da pesquisa”, conclui o também jornalista e empresário da comunicação. Tejon avaliou a iniciativa do Projeto Aquarius em realizar o evento com os produtores como fundamental, elogiando ainda a criação do aplicativo IDT, por fornecer aos agricultores informações complexas de forma mais simplificada e objetiva. 

Em forma de agradecimento e reconhecimento, o Projeto Aquarius e as empresas parceiras entregaram ao convidado, de forma digital, o Certificado de Honra ao Mérito, pela contribuição e dedicação ao desenvolvimento humano, pela busca da melhor comunicação do Agro e apoio aos avanços tecnológicos da Agricultura Brasileira.

A próxima live está programada para maio, com o lançamento do Aplicativo que ajudará a diagnosticar o Nível de Digitalização dos produtores brasileiros e indicar caminhos para o aperfeiçoamento. Essa é uma iniciativa inédita no Brasil e já chama a atenção pela abrangência nacional. Acompanhe nas redes sociais do Projeto Aquarius a evolução da Digitalização do Agro.

COMPARTILHE EM SUAS REDES SOCIAIS

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on telegram
Telegram
Share on whatsapp
WhatsApp
Share on reddit
Reddit

Posts Relacionados

×